Meu cachorro ou gato pode pegar coronavírus? O que você precisa saber

(Atualizado em 28/03/2020) Neste momento de pandemia, fica a dúvida: o coronavírus pode passar para o meu pet? Meu pet pode passar coronavírus para minha família? Existe vacina para coronavírus para cachorros? Que cuidados preciso tomar para proteger meu animal de estimação nesse momento?

No Brasil foram confirmados até o dia 28 de março 3.417 casos de coronavírus, com 92 mortes. No Paraná são 125 casos confirmados, e 2 mortes. Em Londrina são 6 casos confirmados e em Cambé 1 caso.

O novo coronavírus não passa para os pets.

Segundo a Organização Mundial de Saúde não existe, até o momento, evidências suficientes que os animais de estimação, como cães e gatos, possam ficar doentes ou transmitir o novo coronavírus (COVID-19).

Há apenas único caso no mundo, em Hong Kong, de um cachorro que testou positivo para o novo coronavírus (COVID-19), mas ele não apresentou qualquer sintoma da doença.

Vacina de Coronavírus para cães: nome igual, doença diferente

Existe um outros tipos de coronavírus, diferentes da variedade que atinge os humanos (COVID19) que podem infectar cães. Apesar do nome igual, são doenças diferentes e não devem ser confundidas.

O coronavírus  entérico canino (CCoV) e o respiratório canino (CRCoV) são  variedades não afetam os humanos mas afetam os cachorros. Nos cães, quando estão com boa saúde, os sinais clínicos são brandos e tratáveis. No caso do coronavírus  entérico canino (CCoV) o animal fica com diarreia e no caso do coronavírus respiratório canino (CRCoV) o cachorro tem tosse ou espirro com secreção.

As vacinas para animais que existem no mercado são para proteger cães contra esses dois tipos de coronavírus (CCoV e CRCoV) e não oferecem qualquer proteção contra o COVID-19.

Em resumo, o novo coronavírus não vai afetar a saúde do seu pet e a vacina que existe para cães protege para uma doença diferente.

Cuidados com o Pet durante a pandemia do novo coronavírus

Sabendo que cães e gatos não vão adoecer com o novo coronavírus o cuidado que devemos tomar nesse momento é ajustar as rotinas dos Pets para não expor as pessoas ao risco de adoecer.

Ficar em casa é a melhor prevenção

A melhor forma de proteção neste momento é o isolamento social. Evite sair com o seu pet para atividades externas. Aproveite esse momento para realizar atividades com seu pet em casa, como brincar de bola, pentear os pelos e passarem bons momentos juntos no aconchego do lar. Fiz um post específico com 5 atividades para fazer com seu pet durante a quarentena

Mantenha a rotina do seu pet

A manter a rotina do pet é o ponto chave para manter a saúde e a imunidade dele. Mudanças bruscas no dia-a-dia dele podem estressar o seu amigo de 4 patas e dar chance para o surgimento de doenças. Fiz um post sobre como prevenir o estresse em cães e gatos.

Cuidados durante a saída de casa com o pet

Fiz um post dando dicas sobre a saída para o xixi, um dos momentos mais delicados durante a quarentena. Saia de casa apenas para levar o pet para fazer xixi ou cocô. Mantenha a distância de 2 metros de outras pessoas durante a saída. E não esqueça de usar máscara.

Cuidados na hora de levar o pet ao veterinário

Em casos de menor gravidade e urgência, como consultas agendadas e vacinação, evite ir para o veterinário em momentos de maior aglomeração de pessoas nas clínicas e hospitais veterinários. Procure realizar a consulta em locais mais abertos e arejados. Telefone antes para poder escolher o melhor horário de consulta.

Uma alternativa para evitar essa exposição é o atendimento veterinário a domicílio. Nesta modalidade de atendimento não é necessário levar o seu Pet para uma clínica ou hospital, evitando assim o contato com a aglomeração de pessoas. O atendimento é feito na casa, podendo ser feito inclusive na varanda ou jardim da casa.

Cuidados durante a consulta veterinária

Se possível, mantenha uma distância de 2 metros entre você e a equipe que está atendendo seu animal. Logo após o atendimento, lave as mãos ou use álcool em gel. Isso reduz o risco de transmissão do novo coronavírus durante o atendimento.

Cuide de você e da sua família humana e pet

Mantenha sua família, humana e pet, em casa. Além da saúde física, cuidem-se na saúde emocional. Se tiver alguma dúvida sobre a saúde do seu pet ou se precisar de atendimento veterinário a domicílio, clique nos botões abaixo que nos falamos por telefone ou whatsapp.

Agende pelo Whatsapp

Agende pelo Telefone

Dra Vanessa Okamura

Dra Vanessa Okamura

Eu sou médica veterinária, CRMV-PR 16.455, com foco em atenção domiciliar de animais de companhia. Sou Graduada e mestranda em Clínicas Médicas pela Universidade Estadual de Londrina-UEL.